Pular para o conteúdo principal

PETRA / JORDÂNIA - Um deleite para os Arqueólogos, um prazer para o viajante que gosta de imaginar como era a vida 20 séculos atrás




LINHA DO TEMPO DE "PETRA" / JORDÂNIA 
AS LEMBRANÇAS 
As lembranças que guardava ou achava que guardava do filme Indiana Jones e a Última Cruzada, de 1989 (e que o turismo da Jordânia muito capitalizou), o terceiro da saga de Steven Spielberg e George Lucas, lançado quando eu nem tinha idade para achar Harrison Ford galã do cinema, e quando eu ainda pensava que alguns lugares maravilhosos pertenciam às telas do cinema, como cenários que depois se desmontam e cuja beleza resistiria apenas enquanto o filme vivesse e dele se lembrassem. O mundo é muito mais bonito do que o cinema, mas eu aprendi isso algum tempo depois. 
Petra marcou. Indiana e seu pai, vivido por Sean Connery, passavam por um desfiladeiro compridíssimo até chegar a um portal absurdo. Depois eu soube: esse portal chama-se Al-Khazneh, ou o Tesouro, e é apenas uma das maravilhas construídas por um povo que viveu ali há mais de 2 mil anos e sobre o qual se ensina muito pouco, os nabateus.
Pequenos seres humanos se aproximam do Mausoléu da Urna, um dos monumentos de Petra que sobreviveram a mais de 20 séculos
ESTRELA DE NOVELA 
As ruínas de Petra são como um grande parque temático, um deleite para os arqueólogos, um prazer para o viajante que gosta de imaginar como era a vida em um lugar tão remoto, construído há tanto tempo, mais de 20 séculos atrás. Os nabateus não foram os primeiros a habitar o local, mas sim os que, a partir do século 6 a.C., construíram seus principais e monumentais edifícios. Em seu apogeu, Petra chegou a ter 30 mil habitantes. No século 1 foi invadida pelos romanos, que deram feições novas à cidade, como ruas cercadas por colunas (romanas, of course) e banhos coletivos. Durante o período bizantino, alguns prédios viraram igrejas. Terremotos atingiram a região nos séculos 4 e 6. Os demais registros históricos remontam às Cruzadas.
O Tesouro é o primeiro edifício que se avista ao sair desfiladeiro Al-Siq. Com 40 metros de altura, já abrigou a tumba do rei Aretas IV e foi cenário do filme Indiana Jones e a Última Cruzada
Desfiladeiro de al-Siq, em Petra
Petra, o principal cartão-postal da Jordânia está localizado a cerca de 3 horas e meia da capital, Amã. Chamada de “cidade rosa”, Petra (pedra, em grego) foi fundada por volta de 312 a.C. pelo povo dos nabateus, uma tribo nômade árabe. A cidade, então, se transformou em um ponto estratégico das rotas de caravanas, que transportavam incenso, mirra e especiarias pelo Oriente Médio. Foi esquecida pelo tempo e somente os beduínos locais sabiam sua localização, até ser redescoberta em 1812, pelo explorador suíço Johan Ludwig Burckhardt.
Desfiladeiro de al-Siq, Petra
Os mercadores nabateus escavaram na rocha templos, depósitos e tumbas, formando uma verdadeira cidade troglodita
Para conhecê-la a fundo, serão necessários de dois a três dias, já que suas atrações estão espalhadas por 5,2 quilômetros quadrados, repletos de túmulos, templos, cisternas, teatros etc. A entrada é feita pelo “Siq”, um estreito com mais de um quilômetro de comprimento, ladeado por imponentes paredes com 80 metros de altura. Ao fim deste caminho, aparece Al-Khazneh (Tesouro), uma fachada imponente com 30 metros de largura e 43 de altura esculpida na própria rocha de um rosa poeirento – elas foi esculpida no início do século 1 para ser o túmulo de um importante rei nabateu. O ponto de saída para os visitantes é o povoado de Wadi Musa, onde se encontram restaurantes, casas de câmbio, lojinhas de suvenires, além de hotéis. Carros não podem circular no local, mas se pode alugar carruagens ou cavalos. Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1985, Petra foi eleita uma das novas sete maravilhas do mundo e cenário de Indiana Jones e a Última Cruzada, alem de locação da novela brasileira Viver a Vida.
Dromedários foram fundamentais nas caravanas comerciais dos nabateus. Hoje, no entanto, apesar de ainda serem importantes para os povos nômades, sua função na área de Petra está mais restrita a alegrar turistas com boas fotos e passeios
COMO CHEGAR 
Várias companhias aéreas fazem a viagem - Air France, British Airlines, Emirates, Iberia, Lufthansa, TAM. Você pode desembarcar no Aeroporto Internacional Queen Alia em Amã e pegar um táxi comum ou coletivo rumo ao sul pela Rodovia do Deserto até Wadi Musa, cidade que fica bem ao lado de Petra. Dá para fazer tudo caminhando.
PETRA (DO GREGO ΠΈΤΡΑ, PETRA; ÁRABE: البتراء, AL-BITRĀ/AL-BATRĀ)
foto - Wikipédia
É UM IMPORTANTE ENCLAVE ARQUEOLÓGICO NA JORDÂNIA, SITUADO NA BACIA ENTRE AS MONTANHAS QUE FORMAM O FLANCO LESTE DE WADI ARABA, O GRANDE VALE QUE VAI DO MAR MORTO AO GOLFO DE AQABA, PERTO DO MONTE HOR E DO DESERTO DE ZIN.
A REGIÃO ONDE SE ENCONTRA PETRA FOI OCUPADA POR VOLTA DO ANO 1200 A.C. PELA TRIBO DOS EDOMITAS, RECEBENDO O NOME DE EDOM. COMO A CIDADE SE SITUAVA PERTO DO MONTE HOR, É MUITO POSSÍVEL QUE OS HORITAS, UM POVO MENCIONADO NA BÍBLIA (GÊNESIS 14:6, 36:20, DEUTERONÓMIO 2:12), HABITASSEM ESSA REGIÃO AINDA ANTES DA CHEGADA DOS EDOMITAS. A REGIÃO SOFREU NUMEROSAS INCURSÕES POR PARTE DAS TRIBOS ISRAELITAS, MAS PERMANECEU SOB DOMÍNIO EDOMITA ATÉ À ANEXAÇÃO PELO IMPÉRIO PERSA.
foto - Wikipédia
Por 600 anos, uma cidade encravada no deserto da Jordânia foi considerada lenda, como Atlântida ou Tróia. Apesar de dezenas relatos ancestrais, que descreviam com precisão os monumentos grandiosos esculpidos em rocha, ninguém foi capaz de localizá-la até o início do século XIX.
Segundo essas mesmas narrações, Petra surgiu pelas mãos dos nabateus, que apareceram no Oriente Próximo por volta do século VI a.C., durante o Império Persa. Segundo os historiadores Estrabão e Diodoro da Sicília, os nabateus eram cerca de 10 mil beduínos que viviam do transporte de especiarias, incenso, mirra e plantas aromáticas. Eles levavam a carga da Arábia Feliz, atuais Iêmen e Omã, até o Mediterrâneo.
Interior da sala do tesouro
A CIDADE DE PETRA ERA DENOMINADA SELA EM EDOMITA, NOME QUE SÍGNIFICA "PEDRA", "PENHASCO" OU "ROCHA" IMPORTANTE ROTA COMERCIAL ENTRE A PENÍNSULA ARÁBICA E DAMASCO (SÍRIA) DURANTE O SÉCULO VI A.C., EDOM FOI COLONIZADA PELOS NABATEUS (UMA DAS TRIBOS ÁRABES), O QUE FORÇOU OS EDOMITAS A MUDAREM-SE PARA O SUL DA PALESTINA, QUE PASSOU A TER O NOME DE IDUMEIA, NOME DERIVADO DOS IDUMEUS OU EDOMITAS.
foto - Wikipédia
O ANO 312 A.C. É APONTADO COMO DATA DO ESTABELECIMENTO DOS NABATEUS NO ENCLAVE DE PETRA E DA NOMEAÇÃO DESTA COMO SUA CAPITAL. DURANTE O PERÍODO DE INFLUÊNCIA HELENÍSTICA DOS SELÊUCIDAS E DOS PTOLOMAICOS, PETRA E A REGIÃO ENVOLVENTE FLORESCERAM MATERIAL E CULTURALMENTE, GRAÇAS AO AUMENTO DAS TROCAS COMERCIAIS PELA FUNDAÇÃO DE NOVAS CIDADES: RABBATH 'AMMON (A MODERNA AMÃ) E GERASA (ATUALMENTE JERASH).
foto - Wikipédia
DEVIDO AOS CONFLITOS ENTRE SELÊUCIDAS E PTOLOMAICOS, OS NABATEUS GANHARAM O CONTROLE DAS ROTAS DE COMÉRCIO ENTRE A ARÁBIA E A SÍRIA. SOB DOMÍNIO NABATEU, PETRA CONVERTEU-SE NO EIXO DO COMÉRCIO DE ESPECIARIAS, SERVINDO DE PONTO DE ENCONTRO ENTRE AS CARAVANAS PROVENIENTES DE AQABA E AS DE CIDADES DE DAMASCO E PALMIRA.
O ESTILO ARQUITETÓNICO DOS NABATEUS, DE INFLUÊNCIA GRECO-ROMANA E ORIENTAL, REVELA A SUA NATUREZA ATIVA E COSMOPOLITA. ESTE POVO ACREDITAVA QUE PETRA SE ENCONTRAVA SOB A PROTEÇÃO DO DEUS DHÛ SHARÂ (DUSARES, EM GREGO).
A 6 DE DEZEMBRO DE 1985, PETRA FOI RECONHECIDA COMO PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE PELA UNESCO.
foto - Wikipédia
O EDIFÍCIO DA CÂMARA DO TESOURO, EM PETRA, FOI UTILIZADO COMO CENÁRIO NO FILME INDIANA JONES E A ÚLTIMA CRUZADA. O INTERIOR MOSTRADO NO FILME NÃO CORRESPONDE, NO ENTANTO, AO INTERIOR DO DITO EDIFÍCIO, TENDO SIDO FABRICADO EM ESTÚDIO.
O FILME "TRANSFORMERS 2" TAMBÉM TEVE CENAS GRAVADAS NA CIDADE DE PETRA.
NO FILME "MORTAL KOMBAT: A ANIQUILIÇÃO", RAYDEN ENTRA PARA FALAR COM OS DEUSES ANTIGOS, ONDE FOI TAMBÉM GRAVADO NA CIDADE DE PETRA.
PETRA É FAMOSA PRINCIPALMENTE PELOS SEUS MONUMENTOS ESCAVADOS NA ROCHA, QUE APRESENTAM FACHADAS DE TIPO HELENÍSTICO (COMO O CÉLEBRE EL KHAZNEH).
PERITOS NO DOMÍNIO DA HIDRÁULICA, OS NABATEUS DOTARAM A CIDADE DE UM ENORME SISTEMA DE TÚNEIS E DE CÂMARAS DE ÁGUA. UM TEATRO, CONSTRUÍDO À IMAGEM DOS MODELOS GRECO-ROMANOS, DISPUNHA DE CAPACIDADE PARA 4000 ESPECTADORES.
TINTIM, HERÓI DA BANDA DESENHADA BELGA, VISITA PETRA NO ÁLBUM DE BANDA DESENHADA COKE EN STOCK ("CARVÃO NO PORÃO").
EM NOVEMBRO DE 2009, A CIDADE DE PETRA FOI PALCO PARA A NOVELA BRASILEIRA "VIVER A VIDA (TELENOVELA)" DE MANOEL CARLOS. ENTRE OS DESTAQUES NA CIDADE, FOI REALIZADO O PETRA FASHION DAYS, DESFILE DE MODA À CÉU ABERTO EM FRENTE AS RUINAS DA CÂMARA DO TESOURO (AL KHAZNEH). NA VERDADE O DESFILE NÃO FOI REALIZADO NO LOCAL. A REDE GLOBO ENVIOU JUNTO COM OS ATORES, UMA EQUIPE QUE FOTOGRAFOU TODO O CENÁRIO COM TÉCNICAS DE 3D. AS IMAGENS FORAM INSERIDAS POR COMPUTADOR, ATRÁS DO PALCO MONTADO EM ESTÚDIO PARA O DESFILE, QUE CONTOU COM AS PERSONAGENS HELENA (TAÍS ARAÚJO) E LUCIANA (ALINNE MORAES).
Petra, na Jordânia, é um dos destinos mais procurados do país e também pode ser acessado a partir de Israel
INFORMAÇÕES AO VISITANTE 
Línguas: Árabe 
Moeda: Dinar jordaniano 
Visto: É necessário. 
Saúde: Nenhuma vacina é obrigatória, mas recomendam-se vacinas preventivas de hepatite, poliomielite, tétano e febre tifóide 
Embaixada oficial no Brasil: 
SHIS, QI 09, conj. 18, casa 14, Lago Sul - Brasília, DF 
61 3248-5414 
Melhor época para visitar: 
A melhor época para visita é durante Abril/Maio e Setembro/Outubro

por Gabriela Aguerre (Guia de viagem Abril)


fonte / fotos = Thymonthy Becker / viajeaqui.abril.com.br / Wikipédia / Divulgação / 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MARECHAL DEODORO / ALAGOAS - A primeira capital de Alagoas, Patrimônio Histórico Nacional, numa simpática viela de colorido casario colonial, nasceu Marechal Deodoro da Fonseca

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "MARECHAL DEODORO" / ALAGOAS / BRASIL
O centro histórico de Marechal Deodoro em Alagoas tem muitas construções antigas, mas nem tudo está preservado A primeira capital de Alagoas ganhou, em 2006, o título de Patrimônio Histórico Nacional. Reúne um conjunto de dez igrejas, a maioria em ruínas. Entre elas estão a Senhor do Bonfim (1755), no bairro de Taperaguá, a N.S. do Amparo (1757), na Rua Ladislau Neto, e o importante complexo (atualmente em restauração, fechado para visitas) onde ficam o Museu de Arte Sacra, o Convento de São Francisco e a Igreja de Santa Maria Madalena. A casa onde o Marechal Deodoro da Fonseca viveu até os 16 anos é um museu, na rua que leva o seu nome (uma simpática viela de colorido casario colonial). Você pode estacionar o carro ali e, com um guia do museu, conhecer os arredores. foto - ? População estimada 2016 (1) - 51.715
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 332,140
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 138,62
Código…

CARATINGA / CIDADE ESPERANÇA / TERRA DAS PALMEIRAS

SEJA SEMPRE BEM VINDO A CIDADE DE CARATINGA. A CIDADE DO MENINO MALUQUINHO
copyrigth "?" ORIGEM DO NOME
A denominação do município Caratinga, de origem indígena, (cará / tinga = branco) é devido à falta de alimentação diversificada, o que fazia com que os primeiros habitantes da região se alimentassem de um tubérculo muito encontrado na região na época do povoamento, um cará-branco que servia de alimento para os índios CARATINGA TEM ATUALMENTE, 85.322 HABITANTES. QUEM NASCE EM CARATINGA É: CARATINGUENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,754 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 24 DE JUNHO. FOI FUNDADA EM 1848 EM CARATINGA, FORAM REALIZADOS EM 2010, 513 CASAMENTOS 056 SEPARAÇÕES 079 DIVÓRCIOS. HISTÓRIA
Em 1841 aportou por estas terras o grande desbravador Domingos Fernandes Lana, que aqui permaneceu até 1847.
No final desse ano, João Caetano do Nascimento, João Antônio de Oliveira e João José, bravos pioneiros, vieram de mudança, trazendo suas famílias,…

CORONEL FABRICIANO / CIDADE DA SERRA DOS COCAIS

BOM DIA. BEM VINDO A CORONEL FABRICIANO.
copyrigth "pmcf" CORONEL FABRICIANO TEM 103.797 HABITANTES. QUEM NASCE EM CORONEL FABRICIANO É: FABRICIANENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,789 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A ÁREA DA CIDADE É DE APENAS 221 QUILÔMETROS QUADRADOS. DEVIDO A ISTO, A DENSIDADE DEMOGRÁFICA É ALTA. SÃO 470 HABITANTES POR QUILÔMETRO QUADRADO. Destemidos desbravadores, muitos dos quais heróis anônimos que arrostando o endêmico impaludismo, em meio selvagem e hostil, abriram picadões, rasgaram clareiras, mata virgem adentro sertões afora, para que a ferrovia Vitória a Minas pudesse estender as suas paralelas de aço em direção a Itabira, em demanda do riquíssimo minério de ferro do fabuloso Cauê, hoje fonte principal de uma das maiores divisas acarretadas para a Pátria Brasileira. Foi do arroio daqueles heróicos operários, que surgiu a atual cidade Coronel Fabriciano, que até o princípio de 1922 não passava de uma floresta virgem, não violada p…

QUARTEL GERAL / MINAS GERAIS - Paisagens naturais, Trilhas do Indaiá, Cachoeiras, esportes Radicais, Jipeiros, Construções Históricas. Aventure-se nesta jornada

LINHA DO TEMPO DE "QUARTEL GERAL" / MINAS GERAIS / BRASIL
Quartel Geral faz parte do circuito turístico caminhos do Indaiá. Quartel Geral uma cidade tão especial e peculiar para os mineiros. Eugênia, esposa de Tiradentes, depois de sua morte morou na cidade com seu filho em uma fazenda. A mineração dos diamantes também foi um ponto marcante para a criação do povoado e posteriormente, da cidade. São aspectos que permeiam a história de Quartel Geral e que somente entrando nas verdes matas para descobrir os caminhos do Indaiá, o Rio que atravessa vários municípios e que deu nome ao circuito turístico. Para quem gosta de esportes radicais, os trilheiros, jipeiros e de cachoeiras, Quartel Geral pode proporcionar muitas aventuras.
Academia da Saúde em Quartel Geral, Minas Gerais,  tem por objetivo manter a população saudável
foto - Câmara Municipal Conhecer Quartel Geral também é uma aventura por tudo que o município tem a oferecer com suas paisagens naturais. Aventure-se nessa jornada. Q…

PATOS DE MINAS

BOM DIA. BEM VINDO A PATOS DE MINAS. A CIDADE DA MAIOR FESTA DO MILHO DO BRAZIL E POLO ECONÔMICO REGIONAL copyrigth "maira" PATOS DE MINAS TEM ATUALMENTE, 138.836 HABITANTES. QUEM NASCE EM PATOS DE MINAS É: PATENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,813, CONSIDERADO ELEVADO PELOS INDICADORES DA ONU. PATOS DE MINAS É O MAIOR POLO ECONÔMICO E A MAIOR CIDADE DO ALTO PARANAÍBA. EM MAIO, ACONTECE NA CIDADE, A MAIOR FESTA DO MILHO DO BRAZIL. Origem do nome do Município provém da enorme quantidade de patos que existiam no território, encontrados habitualmente em uma grande lagoa, a três quilômetros da margem do rio Paranaíba. Atraídos pela caça abundante e variada, os tropeiros que levavam suas tropas pelo interior de Minas Gerais faziam pouso a beira dessa lagoa, construindo ranchos em que se abrigavam. Neste tempo, todo o oeste de Minas estava coberto de matas, atravessadas apenas por estreitas trilhas, que tinham em alguns pontos, a léguas de distância, vestígios de civilização. Com o correr …

OLIVEIRA / MINAS GERAIS - A terra Natal do Cientista "Carlos Chagas" eh repleta de belíssimos casarões que contam a história da cidade

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "OLIVEIRA" / MINAS GERAIS / BRASIL BEM VINDO A OLIVEIRA. TERRA DO CIENTISTA DESCOBRIDOR DA DOENÇA DE CHAGAS copyrigth "PMO" Esta Figueira se desenvolveu abraçada a um coqueiro, derivando daí o nome “coqueiro abraçado”, o fenômeno biológico não é único, mas bastante raro  e em Oliveira se transformou no maior símbolo da cidade, pois está ligado aos sentimentos de carinho e amor, além de ensejar a harmonia indispensável a uma comunidade urbana, sendo um exemplo da natureza para o Homem. O coqueiro abraçado está localizado na região central da cidade. AQUI, O MORRO DO CRISTO
copyrigth "PMO"
População estimada 2016 (1) - 41.739 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 897,294 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 43,98 Código do Município 3145604 Gentílico - oliveirense
ORIGEM DO NOME O topônimo registra duas versões: segundo uns, originou-se da presença de oliveiras entre as árvores frutíferas…

CARLOS CHAGAS / PÉROLA DO MUCURI / CAPITAL DO BOI

BOM DIA CARLOCHAGUENSES / BOM DIA VISITANTE. SEJA BEM VINDO A CARLOS CHAGAS / A CAPITAL DO BOI E A PÉROLA DO MUCURI
foto - ? CARLOS CHAGAS, NO VALE DO MUCURI, TEM  20.087 HABITANTES. - (IBGE 2010) DESTE TOTAL, 51% É MULHER. O IDH DO MUNCÍPÍO É DE: 0,681 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU QUEM NASCE EM CARLOS CHAGAS É: CARLOCHAGUENSE ESTIVE EM CARLOS CHAGAS DIA 10 DE FEVEREIRO 2011, MAIS PRECISAMENTE NO FRIGORIFICO "MAX BEEF" FUI FAZER A MEDIÇÃO DA QUALIDADE DO AR. QUEM ME RECEBEU LÁ FOI O ENGENHEIRO AMBIENTAL "FELIPE" (GENTE FINA DA MELHOR QUALIDADE) CHEGUEI AS 7 DA MANHÃ, DEPOIS DE 11 HORAS VIAJANDO DE DIVINÓPOLIS; NÃO FIQUEI MUITO TEMPO EM CARLOS CHAGAS, MAS DEU PARA TIRAR ALGUMAS FOTOS. AQUI, NA ENTRADA DA CIDADE. copyrigth "Thymonthy Becker" CARLOS CHAGAS JÁ FOI CONHECIDA COMO A "PÉROLA DO MUCURI". POR TER SIDO POR MUITOS ANOS, A CIDADE MAIS BONITA DO VALE DO MUCURI. HOJE, JÁ NÃO DETÉM MAIS ESTE TÍTULO.
foto - ? MAS MANTÉM O TÍTULO DE CAPITAL DO …

VARZEA DA PALMA - NO CAMINHO DA BAHIA

BEM VINDO A CIDADE DE VARZEA DA PALMA. 
foto - Alonso Alves dos Reis Neto
VARZEA DA PALMA TEM 35.809 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM VARZEA DA PALMA EH: VÁRZEA PALMENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 12 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.953
ORIGEM DO NOME

SÃO JOSÉ DA VARGINHA

BEM VINDO A CIDADE DE SÃO JOSÉ DA VARGINHA. A TERCEIRA MAIOR PRODUTORA DE FRANGOS DAS MINAS GERAIS. UMA DAS MELHORES PARA SE VIVER E INVESTIR copyrigth "André Luiz Silva" SÃO JOSÉ DA VARGINHA TEM 4.198 HABITANTES (IBGE 2010) QUEM NASCE EM SÃO JOSÉ DA VARGINHA EH: VIRGINENSE DE SÃO JOSÉ A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 1º DE MARÇO E FOI FUNDADA EM 1963 ORIGEM DO NOME O padre Antônio Moreira Barbosa incentivou os novos habitantes a criar o povoado numa linda vargem que existia as margens do Ribeirão de Lages. Devido a sua devoção à São José e a linda vargem que lá existia, a localidade recebeu o nome de São José da Varginha. HISTÓRIA Os primeiros habitantes da região, onde hoje se localiza o Município de São José da Varginha, vieram em busca de ouro na região de Pitangui. Porém, como na localidade se cobrava o imposto do quinto, o bandeirante Domingos Rodrigues do Prado resolveu se estabelecer em outra localidade, trazendo consigo outros paulistas, iniciando assim a ocupação das terras do …

RIO GRANDE DO SUL / BRASIL - As lembranças, as emoções que ficam, as histórias para contar, os pequenos prazeres que só tem valor quando a gente vive o momento

LINHA DO TEMPO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL / BRASIL Como não se render à beleza e os encantos de cada pedacinho de chão desse Rio Grande do Sul? Alguns destinos onde a natureza encanta por sua serenidade, e se apresenta por trilhas ecológicas, belas cascatas, cachoeiras, grutas, cânions e montanhas. E assim nos recebe esse Rio Grande... Conversando com nossa gente, com um mate bem cevado às mãos e a tradição gaúcha no coração... Aventure-se! Existem várias formas de conhecer o Rio Grande do Sul. Você pode optar pela rota metropolitana, onde estão as principais cidades mais próximas de Porto Alegre, o Litoral, onde poderá conhecer as melhores praias, a Serra Gaúcha, um dos destinos mais procurados por turistas que visitam o Estado, e ainda a Rota Central e Interior, onde cidades atrativas esperam a sua visitação. Ser gaúcho é motivo de muito orgulho para cada um dos 10,5 milhões de habitantes do Rio Grande do Sul. Mais dia menos dia, mesmo quem não é nascido no estado, mas ali vive, co…