Pular para o conteúdo principal

PETRA / JORDÂNIA - Um deleite para os Arqueólogos, um prazer para o viajante que gosta de imaginar como era a vida 20 séculos atrás




LINHA DO TEMPO DE "PETRA" / JORDÂNIA 
AS LEMBRANÇAS 
As lembranças que guardava ou achava que guardava do filme Indiana Jones e a Última Cruzada, de 1989 (e que o turismo da Jordânia muito capitalizou), o terceiro da saga de Steven Spielberg e George Lucas, lançado quando eu nem tinha idade para achar Harrison Ford galã do cinema, e quando eu ainda pensava que alguns lugares maravilhosos pertenciam às telas do cinema, como cenários que depois se desmontam e cuja beleza resistiria apenas enquanto o filme vivesse e dele se lembrassem. O mundo é muito mais bonito do que o cinema, mas eu aprendi isso algum tempo depois. 
Petra marcou. Indiana e seu pai, vivido por Sean Connery, passavam por um desfiladeiro compridíssimo até chegar a um portal absurdo. Depois eu soube: esse portal chama-se Al-Khazneh, ou o Tesouro, e é apenas uma das maravilhas construídas por um povo que viveu ali há mais de 2 mil anos e sobre o qual se ensina muito pouco, os nabateus.
Pequenos seres humanos se aproximam do Mausoléu da Urna, um dos monumentos de Petra que sobreviveram a mais de 20 séculos
ESTRELA DE NOVELA 
As ruínas de Petra são como um grande parque temático, um deleite para os arqueólogos, um prazer para o viajante que gosta de imaginar como era a vida em um lugar tão remoto, construído há tanto tempo, mais de 20 séculos atrás. Os nabateus não foram os primeiros a habitar o local, mas sim os que, a partir do século 6 a.C., construíram seus principais e monumentais edifícios. Em seu apogeu, Petra chegou a ter 30 mil habitantes. No século 1 foi invadida pelos romanos, que deram feições novas à cidade, como ruas cercadas por colunas (romanas, of course) e banhos coletivos. Durante o período bizantino, alguns prédios viraram igrejas. Terremotos atingiram a região nos séculos 4 e 6. Os demais registros históricos remontam às Cruzadas.
O Tesouro é o primeiro edifício que se avista ao sair desfiladeiro Al-Siq. Com 40 metros de altura, já abrigou a tumba do rei Aretas IV e foi cenário do filme Indiana Jones e a Última Cruzada
Desfiladeiro de al-Siq, em Petra
Petra, o principal cartão-postal da Jordânia está localizado a cerca de 3 horas e meia da capital, Amã. Chamada de “cidade rosa”, Petra (pedra, em grego) foi fundada por volta de 312 a.C. pelo povo dos nabateus, uma tribo nômade árabe. A cidade, então, se transformou em um ponto estratégico das rotas de caravanas, que transportavam incenso, mirra e especiarias pelo Oriente Médio. Foi esquecida pelo tempo e somente os beduínos locais sabiam sua localização, até ser redescoberta em 1812, pelo explorador suíço Johan Ludwig Burckhardt.
Desfiladeiro de al-Siq, Petra
Os mercadores nabateus escavaram na rocha templos, depósitos e tumbas, formando uma verdadeira cidade troglodita
Para conhecê-la a fundo, serão necessários de dois a três dias, já que suas atrações estão espalhadas por 5,2 quilômetros quadrados, repletos de túmulos, templos, cisternas, teatros etc. A entrada é feita pelo “Siq”, um estreito com mais de um quilômetro de comprimento, ladeado por imponentes paredes com 80 metros de altura. Ao fim deste caminho, aparece Al-Khazneh (Tesouro), uma fachada imponente com 30 metros de largura e 43 de altura esculpida na própria rocha de um rosa poeirento – elas foi esculpida no início do século 1 para ser o túmulo de um importante rei nabateu. O ponto de saída para os visitantes é o povoado de Wadi Musa, onde se encontram restaurantes, casas de câmbio, lojinhas de suvenires, além de hotéis. Carros não podem circular no local, mas se pode alugar carruagens ou cavalos. Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1985, Petra foi eleita uma das novas sete maravilhas do mundo e cenário de Indiana Jones e a Última Cruzada, alem de locação da novela brasileira Viver a Vida.
Dromedários foram fundamentais nas caravanas comerciais dos nabateus. Hoje, no entanto, apesar de ainda serem importantes para os povos nômades, sua função na área de Petra está mais restrita a alegrar turistas com boas fotos e passeios
COMO CHEGAR 
Várias companhias aéreas fazem a viagem - Air France, British Airlines, Emirates, Iberia, Lufthansa, TAM. Você pode desembarcar no Aeroporto Internacional Queen Alia em Amã e pegar um táxi comum ou coletivo rumo ao sul pela Rodovia do Deserto até Wadi Musa, cidade que fica bem ao lado de Petra. Dá para fazer tudo caminhando.
PETRA (DO GREGO ΠΈΤΡΑ, PETRA; ÁRABE: البتراء, AL-BITRĀ/AL-BATRĀ)
foto - Wikipédia
É UM IMPORTANTE ENCLAVE ARQUEOLÓGICO NA JORDÂNIA, SITUADO NA BACIA ENTRE AS MONTANHAS QUE FORMAM O FLANCO LESTE DE WADI ARABA, O GRANDE VALE QUE VAI DO MAR MORTO AO GOLFO DE AQABA, PERTO DO MONTE HOR E DO DESERTO DE ZIN.
A REGIÃO ONDE SE ENCONTRA PETRA FOI OCUPADA POR VOLTA DO ANO 1200 A.C. PELA TRIBO DOS EDOMITAS, RECEBENDO O NOME DE EDOM. COMO A CIDADE SE SITUAVA PERTO DO MONTE HOR, É MUITO POSSÍVEL QUE OS HORITAS, UM POVO MENCIONADO NA BÍBLIA (GÊNESIS 14:6, 36:20, DEUTERONÓMIO 2:12), HABITASSEM ESSA REGIÃO AINDA ANTES DA CHEGADA DOS EDOMITAS. A REGIÃO SOFREU NUMEROSAS INCURSÕES POR PARTE DAS TRIBOS ISRAELITAS, MAS PERMANECEU SOB DOMÍNIO EDOMITA ATÉ À ANEXAÇÃO PELO IMPÉRIO PERSA.
foto - Wikipédia
Por 600 anos, uma cidade encravada no deserto da Jordânia foi considerada lenda, como Atlântida ou Tróia. Apesar de dezenas relatos ancestrais, que descreviam com precisão os monumentos grandiosos esculpidos em rocha, ninguém foi capaz de localizá-la até o início do século XIX.
Segundo essas mesmas narrações, Petra surgiu pelas mãos dos nabateus, que apareceram no Oriente Próximo por volta do século VI a.C., durante o Império Persa. Segundo os historiadores Estrabão e Diodoro da Sicília, os nabateus eram cerca de 10 mil beduínos que viviam do transporte de especiarias, incenso, mirra e plantas aromáticas. Eles levavam a carga da Arábia Feliz, atuais Iêmen e Omã, até o Mediterrâneo.
Interior da sala do tesouro
A CIDADE DE PETRA ERA DENOMINADA SELA EM EDOMITA, NOME QUE SÍGNIFICA "PEDRA", "PENHASCO" OU "ROCHA" IMPORTANTE ROTA COMERCIAL ENTRE A PENÍNSULA ARÁBICA E DAMASCO (SÍRIA) DURANTE O SÉCULO VI A.C., EDOM FOI COLONIZADA PELOS NABATEUS (UMA DAS TRIBOS ÁRABES), O QUE FORÇOU OS EDOMITAS A MUDAREM-SE PARA O SUL DA PALESTINA, QUE PASSOU A TER O NOME DE IDUMEIA, NOME DERIVADO DOS IDUMEUS OU EDOMITAS.
foto - Wikipédia
O ANO 312 A.C. É APONTADO COMO DATA DO ESTABELECIMENTO DOS NABATEUS NO ENCLAVE DE PETRA E DA NOMEAÇÃO DESTA COMO SUA CAPITAL. DURANTE O PERÍODO DE INFLUÊNCIA HELENÍSTICA DOS SELÊUCIDAS E DOS PTOLOMAICOS, PETRA E A REGIÃO ENVOLVENTE FLORESCERAM MATERIAL E CULTURALMENTE, GRAÇAS AO AUMENTO DAS TROCAS COMERCIAIS PELA FUNDAÇÃO DE NOVAS CIDADES: RABBATH 'AMMON (A MODERNA AMÃ) E GERASA (ATUALMENTE JERASH).
foto - Wikipédia
DEVIDO AOS CONFLITOS ENTRE SELÊUCIDAS E PTOLOMAICOS, OS NABATEUS GANHARAM O CONTROLE DAS ROTAS DE COMÉRCIO ENTRE A ARÁBIA E A SÍRIA. SOB DOMÍNIO NABATEU, PETRA CONVERTEU-SE NO EIXO DO COMÉRCIO DE ESPECIARIAS, SERVINDO DE PONTO DE ENCONTRO ENTRE AS CARAVANAS PROVENIENTES DE AQABA E AS DE CIDADES DE DAMASCO E PALMIRA.
O ESTILO ARQUITETÓNICO DOS NABATEUS, DE INFLUÊNCIA GRECO-ROMANA E ORIENTAL, REVELA A SUA NATUREZA ATIVA E COSMOPOLITA. ESTE POVO ACREDITAVA QUE PETRA SE ENCONTRAVA SOB A PROTEÇÃO DO DEUS DHÛ SHARÂ (DUSARES, EM GREGO).
A 6 DE DEZEMBRO DE 1985, PETRA FOI RECONHECIDA COMO PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE PELA UNESCO.
foto - Wikipédia
O EDIFÍCIO DA CÂMARA DO TESOURO, EM PETRA, FOI UTILIZADO COMO CENÁRIO NO FILME INDIANA JONES E A ÚLTIMA CRUZADA. O INTERIOR MOSTRADO NO FILME NÃO CORRESPONDE, NO ENTANTO, AO INTERIOR DO DITO EDIFÍCIO, TENDO SIDO FABRICADO EM ESTÚDIO.
O FILME "TRANSFORMERS 2" TAMBÉM TEVE CENAS GRAVADAS NA CIDADE DE PETRA.
NO FILME "MORTAL KOMBAT: A ANIQUILIÇÃO", RAYDEN ENTRA PARA FALAR COM OS DEUSES ANTIGOS, ONDE FOI TAMBÉM GRAVADO NA CIDADE DE PETRA.
PETRA É FAMOSA PRINCIPALMENTE PELOS SEUS MONUMENTOS ESCAVADOS NA ROCHA, QUE APRESENTAM FACHADAS DE TIPO HELENÍSTICO (COMO O CÉLEBRE EL KHAZNEH).
PERITOS NO DOMÍNIO DA HIDRÁULICA, OS NABATEUS DOTARAM A CIDADE DE UM ENORME SISTEMA DE TÚNEIS E DE CÂMARAS DE ÁGUA. UM TEATRO, CONSTRUÍDO À IMAGEM DOS MODELOS GRECO-ROMANOS, DISPUNHA DE CAPACIDADE PARA 4000 ESPECTADORES.
TINTIM, HERÓI DA BANDA DESENHADA BELGA, VISITA PETRA NO ÁLBUM DE BANDA DESENHADA COKE EN STOCK ("CARVÃO NO PORÃO").
EM NOVEMBRO DE 2009, A CIDADE DE PETRA FOI PALCO PARA A NOVELA BRASILEIRA "VIVER A VIDA (TELENOVELA)" DE MANOEL CARLOS. ENTRE OS DESTAQUES NA CIDADE, FOI REALIZADO O PETRA FASHION DAYS, DESFILE DE MODA À CÉU ABERTO EM FRENTE AS RUINAS DA CÂMARA DO TESOURO (AL KHAZNEH). NA VERDADE O DESFILE NÃO FOI REALIZADO NO LOCAL. A REDE GLOBO ENVIOU JUNTO COM OS ATORES, UMA EQUIPE QUE FOTOGRAFOU TODO O CENÁRIO COM TÉCNICAS DE 3D. AS IMAGENS FORAM INSERIDAS POR COMPUTADOR, ATRÁS DO PALCO MONTADO EM ESTÚDIO PARA O DESFILE, QUE CONTOU COM AS PERSONAGENS HELENA (TAÍS ARAÚJO) E LUCIANA (ALINNE MORAES).
Petra, na Jordânia, é um dos destinos mais procurados do país e também pode ser acessado a partir de Israel
INFORMAÇÕES AO VISITANTE 
Línguas: Árabe 
Moeda: Dinar jordaniano 
Visto: É necessário. 
Saúde: Nenhuma vacina é obrigatória, mas recomendam-se vacinas preventivas de hepatite, poliomielite, tétano e febre tifóide 
Embaixada oficial no Brasil: 
SHIS, QI 09, conj. 18, casa 14, Lago Sul - Brasília, DF 
61 3248-5414 
Melhor época para visitar: 
A melhor época para visita é durante Abril/Maio e Setembro/Outubro

por Gabriela Aguerre (Guia de viagem Abril)


fonte / fotos = Thymonthy Becker / viajeaqui.abril.com.br / Wikipédia / Divulgação / 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PARACATU / RICA EM CULTURA E PATRIMÔNIO HISTÓRICO

BEM VINDO A CIDADE DE PARACATU. CIDADE NATAL DE AFONSO ARINOS
imagem - Revoredo

PARACATU TEM 84.718 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM PARACATU EH: PARACATUENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 20 DE OUTUBRO E FOI FUNDADA EM 1.728
ORIGEM DO NOME "Paracatu" é um termo de origem tupi que significa "rio bom", através da junção dos termos "Pará" ("rio") e "Katu" ("bom") Paracatu pertence ao seleto grupo das dez cidades nacionalmente tombadas em Minas Gerais, o que a coloca no patamar de um dos municípios mineiros mais ricos culturalmente e patrimonialmente, sendo integrante também da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais.
HISTÓRIA

Não existe consenso entre os historiadores sobre a data efetiva em que foi descoberta e povoada a região de Paracatu. De qualquer forma, admite-se que o território paracatuense já era conhecido desde o final do século XVI pelos brancos, que vinham da Vila de São Paulo com objetivos de conquista, não …

CAETANÓPOLIS

SEJA MUITO BEM VINDO AO BERÇO DA INDÚSTRIA TÊXTIL DAS MINAS GERAIS. SEJA BEM VINDO A CAETANÓPOLIS / TERRA NATAL DA CANTORA "CLARA NUNES" AQUI NA CHEGADA DA CIDADE / TREVO DE ACESSO foto - Thymonthy Becker Communication CAETANÓPOLIS (QUE DO LATIM SIGNIFICA: CAETANO [Nome de pessoa] PÓLIS: SIGNIFICA CIDADE. PORTANTO, CIDADE DE CAETANO) TEM 10.218 HABITANTES (IBGE 2010) QUEM NASCE EM CAETANÓPOLIS EH: CAETANÓPOLITANO (QUE DO LATIM SIGNIFICA: CAETANO [nome de pessoa] POLI SIGNIFICA CIDADE E TANO QUE SIGNIFICA MORADOR. PORTANTO: MORADOR DA CIDADE DE CAETANO. HISTÓRIA UMA FAZENDA ADQUIRIDA PELOS IRMÃOS MASCARENHAS EM 1864 TINHA A DENOMINAÇÃO DE ″FAZENDA DA PONTE″, POR SE ENCONTRAR NAS PROXIMIDADES DE UMA PONTE SOBRE O RIBEIRÃO LOCAL. SUPÕE-SE QUE O NOME, DE CEDRO ORIGINOU-SE DE ESPÉCIMES VEGETAIS DESSE NOME, ALI EXISTENTES. EM 1864, OS IRMÃOS BERNARDO CAETANO, FILHOS DO MAJOR ANTÔNIO GONÇALVES DA SILVA MASCARENHAS, PROCURAVAM SEU IRMÃO MAIS VELHO ANTÔNIO CÂNDIDO, RESIDENTE NAS PROXIMIDADE…

PEDRA AZUL / FORTALEZA DE PEDRAS

BOM DIA. SEJA MUITO BEM VINDO A PEDRA AZUL. A FORTALEZA DE MINAS. copyrigth "Paulo Marcio"
PEDRA AZUL EH UMA CIDADE QUE FICA NO VALE DO JEQUITINHONHA E TEM ATUALMENTE: 23.843 HABITANTES (IBGE 2010) QUE NASCE EM PEDRA AZUL É: PEDRA-AZULENSE (PEDRAZULENSE) O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,660 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A TEMPETATURA MÉDIA DA CIDADE É DE: 24°. FORAM REALIZADOS EM PEDRA AZUL, 77 CASAMENTOS EM 2010. NÃO ACONTECEU NENHUMA SEPARAÇÃO E NENHUM DIVORCIO. A CIDADE FAZ ANIVERÁRIO EM 1º DE JUNHO. A pecuária, atividade primeira na história econômica do lugar, continua sendo básica para a sua receita. Colonizada por vaqueiros nordestinos, que ali chegaram em busca de pastagens para seu gado, a região herdou deles a tradição do trato com grandes rebanhos, principalmente o gado de corte, mas não se esqueceu dos cuidados com o subsolo. Os primeiros moradores do atual município foram Manoel José Botelho, em 1822, e o padre Manoel Fernandes, em 1834, após o grande incêndio …

CARATINGA / CIDADE ESPERANÇA / TERRA DAS PALMEIRAS

SEJA SEMPRE BEM VINDO A CIDADE DE CARATINGA. A CIDADE DO MENINO MALUQUINHO
copyrigth "?" ORIGEM DO NOME
A denominação do município Caratinga, de origem indígena, (cará / tinga = branco) é devido à falta de alimentação diversificada, o que fazia com que os primeiros habitantes da região se alimentassem de um tubérculo muito encontrado na região na época do povoamento, um cará-branco que servia de alimento para os índios CARATINGA TEM ATUALMENTE, 85.322 HABITANTES. QUEM NASCE EM CARATINGA É: CARATINGUENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,754 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 24 DE JUNHO. FOI FUNDADA EM 1848 EM CARATINGA, FORAM REALIZADOS EM 2010, 513 CASAMENTOS 056 SEPARAÇÕES 079 DIVÓRCIOS. HISTÓRIA
Em 1841 aportou por estas terras o grande desbravador Domingos Fernandes Lana, que aqui permaneceu até 1847.
No final desse ano, João Caetano do Nascimento, João Antônio de Oliveira e João José, bravos pioneiros, vieram de mudança, trazendo suas famílias,…

DORES DO INDAIÁ / MINAS GERAIS - Fundador e sede do Circuito Turístico "Caminhos do Indaiá" margeada pelo Rio São Francisco

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "DORES DO INDAIÁ" / MINAS GERAIS / BRASIL Dores do Indaiá insere-se na política pública de turismo: é município fundador e sede do Circuito Turístico Caminhos do Indaiá. foto - ? Em 2003, tendo em vista da necessidade de adotar a política pública de turismo, o Governo de Minas Gerais, através da Secretaria de Estado de Turismo, instituiu o Decreto 43321, dispondo sobre o reconhecimento dos Circuitos Turísticos e sobre as normas de funcionamento. De acordo com o documento, “para os fins de promoção da política de turismo no âmbito do Estado, serão reconhecidos os Circuitos Turísticos institucionalizados e com personalidade jurídica registrada em cartório”, integrados por municípios “de uma mesma região, com afinidades culturais, sociais e econômicas que se unem para organizar e desenvolver a atividade turística regional de forma sustentável". foto - ? Assim, nasceu, em abril de 2008, o Circuito Turístico Caminhos do Indaiá, com a proposta de lev…

SANTA LUZIA / NO SOLAR DA BARONESA

BEM VINDO A CIDADE COLONIAL DE SANTA LUZIA.  UM PATRIMÔNIO A CÉU ABERTO. foto - Wikipédia SANTA LUZIA TEM 202.942 HABITANTES - IBGE 2010 - QUEM NASCE EM SANTA LUZIA EH: LUZIENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 08 DE MARÇO E FOI FUNDADA EM 1.692 ORIGEM DO NOME / CONTA A HISTÓRIA QUE... Um pescador chamado Leôncio, que tinha problemas na visão, observou um objeto brilhando no rio, enterrado na areia. Quando pegou era a imagem de Santa Luzia, a santa protetora dos olhos, e assim se deu o primeiro milagre da santa, já que na mesma hora ele volta a enxergar. A imagem foi levada para a primeira capela do arraial, tornando-se a padroeira do município. Chegando a Portugal a noticia dos milagres que estavam sendo operado pela padroeira do Bom Retiro de Santa Luzia, o Sargento Mór Joaquim Pacheco Ribeiro, que estava desenganado pela ciência medica da sua Pátria, volta sua ultima esperança para o poder divino. Faz um voto à Santa milagrosa do sertão mineiro, pedindo-lhe a visão perdida. Como recebeu o mil…

SÃO GONÇALO DO PARÁ

BOM DIA. BEM VINDO A SÃO GONÇALO DO PARÁ / A CIDADE DOS DOCES A CIDADE COMEÇA O ANO, FAZENDO ANIVERSÁRIO. ELA FOI EMANCIPADA EM 10 DE JANEIRO DE 1949. QUEM NASCE EM SÃO GONÇALO DO PARA É: SÃOGONÇALENSE Como atrações turísticas o município apresenta a antiga igreja matriz, um cemitério de pedra bruta, construído pelos escravos e datado de 1855, a cachoeira existente no Ribeirão dos Morais e uma bela lagoa, formada por uma barragem. VENHA VISITAR E CONHECER DE PERTO ESTA BELA CIDADE DO INTERIOR DE MINAS, QUE FICA NA REGIÃO CENTRO OESTE DO ESTADO. foto -PMSGP SÃO GONÇALO DO PARÁ É A TERRA DO DOCE. AQUI SE FABRICA DOCES DA MELHOR QUALIDADE, QUE SÃO DISTRIBUIDOS POR TODO O BRAZIL. AQUI TAMBÉM, EH A UNICA FABRICA DO BRAZIL QUE AINDA FABRICA DOCE DE GOIABADA EM CAIXINHAS DE MADEIRA. (CONTRARIANDO A MÚSICA DE DUDU NOBRE) ALGUNS DADOS INTERESSANTES DA CIDADE:
POPULAÇÃO
1970..........6.329 1980..........6.229 1991..........7.541 2000..........7.972 2005..........8.237 2007..........10.308 2010..........10.405 (I…

ITU / SÃO PAULO - SEMPRE DE BRAÇOS ABERTOS PARA RECEBER QUEM QUER SE DIVERTIR, PASSEAR, APRECIAR UMA BOA COMIDA OU APENAS DESCANSAR. QUEM GOSTA DE TURISMO, PRECISA CONHECER ITU. E NÃO EH EXAGERO

LINHA DO TEMPO DE "ITU" / SÃO PAULO / BRASIL  Graças ao saudoso comediante Francisco Flaviano de Almeida, o Simplício, artista conhecido em todo o Brasil, Itu ficou conhecida como a terra dos exageros. Em um programa de televisão, nos idos dos anos de 1960, Simplício, durante suas piadas, criou o mito de que em Itu tudo era grande. A partir disso, os turistas voltaram seus olhos para a cidade que, por sua vez, começou a comercializar objetos em tamanho gigante e colocou em sua praça central um telefone público enorme e um semáforo de proporções ampliadas.  Essa bem humorada brincadeira ainda é o maior chamariz de visitantes para Itu, mas, ao chegarem, os turistas descobrem que as opções vão muito além da divertida lenda dos gigantismos.  Com uma infinidade de atrativos, o município está entre as 67 estâncias turísticas de São Paulo, sendo considerado um dos destinos obrigatórios para quem viaja pelo Estado. Com mais 400 anos, Itu reúne em seu território atrações de cunho histór…

ANDRADAS - TERRA DO MELHOR VINHO DAS MINAS GERAIS

SEJA BEM VINDO A CIDADE DE ANDRADAS.
foto - Thymonthy Becker
ANDRADAS TEM 37.270 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM ANDRADAS EH: ANDRADENSES
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 22 DE FEVEREIRO E FOI FUNDADA EM 1.890
ORIGEM DO NOME

ITABIRA / MG - MURIAÉ / MG - SANTA LUZIA / MG - PEDRO AFONSO / TO - OURO PRETO / MG

IGREJA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO EM ITABIRA / MG
foto - Roberta Soriano
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA SAÚDE, INTERIOR E LATERAL EM ITABIRA / MG
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
CAPELA DE SÃO E NO CONTEXTO DA PRAÇA NA SERRA DOS ALVES EM ITABIRA / MG
foto - Barbosa
foto - Emerson Silva
CAPELA DO BOM JESUS NO MORRO REDONDO EM ITABIRA / MG
foto - Roneijober Andrade
MATRIZ DE SÃO PAULO EM MURIAÉ / MG
foto - Afrânio Bastos
CAPELA DE SÃO JOSÉ EM MURIAÉ / MG
foto - SG Trangel
IGREJA DA BARRA EM MURIAÉ / MG
foto - Tony Borrach
IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO EM MURIAÉ / MG
foto - Afrânio Bastos
IGREJA DE NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS EM MURIAÉ / MG
foto - SG Trangel
CAPELA DO BONFIM EM SANTA LUZIA / MG
foto - Antonor
CAPELA DE NOSSA SENHORA DAS DORES EM SANTA LUZIA / MG
foto - Gui Torres
IGREJA DE SANTA EFIGÊNIA EM OURO PRETO / MG
foto - Gui Torres
MATRIZ DE SANTA LUSIA, SEU INTERIOR E NO CONTEXTO DA RUA EM SANTA LUZIA / MG
foto - Antonor
foto - Gu…