sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

LIMA DUARTE





BOM DIA. BEM VINDO A LIMA DUARTE / CIDADE CERCADA DE MONTANHAS E DO AR MAIS PURO DAS MINAS GERAIS
copyrigth "Rosana4"
LIMA DUARTE JÁ TEM A SEGUNDA PÁGINA.

LIMA DUARTE TEM UMA POPULAÇÃO DE 16.166 HABITANTES (IBGE 2010)
QUEM NASCE EM LIMA DUARTE É: LIMADUARTINO.
O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,739 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU.
LIMA DUARTE É CERCADA POR BELÍSSIMAS MONTANHAS, E POR ISTO O AR DA CIDADE É CONSIDERADO PURO.
Lima Duarte teve, provavelmente, a mesma origem da maioria das cidades mineiras: um grupo de colonos se estabeleceu a beira das estradas que davam para as minerações aí se formou um pequeno núcleo colonial ao redor de uma capelinha que a fé dos nossos antepassados se apressava em erguer. Sua primeira denominação foi Nossa Senhora das Dores do Rio do Peixe, e a origem deste nome se deve a Santa padroeira da primeira capelinha de Nossa Senhora das Dores, mais o fato de ser o município banhado pelo rio do Peixe. Passou a ser chamado mais tarde "LIMA DUARTE" , em homenagem a um médico e político barbacenense, que muito contribuiu para a emancipação do município, e se chamava José Rodrigues de Lima Duarte.
LIMA DUARTE ENCRAVADA NAS MONTANHAS DE MINAS
copyrigth "Seginhopb"
Conta-se que, em 1781, corria o boato de que no rio do Peixe haviam-se descoberto faisqueiros de bom rendimento, fazendo-se extrativos pela Ibitipoca, apesar da proibição por parte do Governo. Foi apurada a veracidade dom fato, e tendo o próprio governador percorrido a área comentada, foi recebido no nascente arraial do Rio do Peixe com festividades, aproveitando os moradores para lhe pedirem terras de cultura. Reconhecendo a inutilidade das proibições feitas, resolveu o governador permitir se cultivassem aquelas matas e o arraial passou a crescer. A paróquia foi criada em 1881, sendo então dada a denominação de Vila do Rio do Peixe a sede que, ao ser elevada à cidade em 1884, recebeu o nome que conserva ainda até hoje. O primitivo distrito de Rio do Peixe foi criado em 1839 e elevado a freguesia 20 anos depois, em 1859.
VEJA UM POUCO DE LIMA DUARTE
AQUI, A CIDADE EM 1920
copyrigth "Ronisch Baumgratz
copyrigth "Ronisch Baumgratz
copyrigth "Ronisch Baumgratz"
copyrigth "Marcio Lucinda"
copyrigth "Marcio Lucinda"
foto - ?
copyrigth "Jorge A. Ferreira Junior"
copyrigth "Rodrigo P. Passos"
copyrigth "Marcio Lucinda"
VEJA QUE BELAS IGREJAS
ESTA É A IGREJA DO ROSÁRIO
copyrigth "Leandro durães"
copyrigth Marcio Lucinda"
ESTA É A IGREJA MATRIZ DA VILA DE SÃO DOMINGOS DA BOCAINA.
copyrigth "Marcio Lucinda"
AQUI, NOVAMENTE A MATRIZ DE LIMA DUARTE
copyrigth "Leandro Durães"
AQUI, O CRUZEIRO NO MORRO DA BANHEIRA
copyrigth "Marcio Lucinda"
ESTA É A CADEIA DE MONTANHAS QUE CERCA A CIDADE, FAZENDO DE LIMA DUARTE, UMA CIDADE INVEJÁVEL EM TERMOS DE BELEZA EM SUA ZONA RURAL
copyrigth "Gilmar Santos"
NUM BELO DIA DE CHUVA
copyrigth "Rosana4"
ESTE É O PICO DO PÃO DE ANGU
copyrigth "Marcio Lucinda"
OLHA A BELEZA DESTE LUGAR. QUEM MORA NESTA FAZENDA, VIVE NO PARAISO
copyrigth "Marcia Valle"
ESTA É A GRUTA DO CALDEIRÃO
copyrigth "Marcio Lucinda"
AQUI, UM LUGAR CONHECIDO COMO "LAGOA SECA"
copyrigth "Marcio Lucinda"
QUE BELA IMAGEM
copyrigth "Smeraldalili"
VEJA QUE CACHOEIRAS DESLUMBRANTES
ESTA É A CACHOEIRA DA BANDEIRA
copyrigth "Marcio Lucinda"
CACHOEIRA DO SOSSEGO
copyrigth "Marcio Lucinda"
ESTE É O PAREDÃO
copyrigth "Marcio Lucinda"
VEJA QUE BELO PRECIPÍCIO
copyrigth "Mariana Lima"
COMO ÃO PODIA FALTA, ESTA É A ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DA CIDADE
O ramal de Lima Duarte, em bitola de 1,60m, foi aberto ao tráfego em 1914 até a estação de Penido e somente em 1924 chegaria à estação seguinte, Valadares. Em 1926 alcançou sua extensão máxima, em Lima Duarte - 56 km. O projeto previa bitola métrica e para tanto foi construída bitola mista entre as estações de Juiz de Fora e de Benfica, na linha do Centro, pois o trem partia da primeira. Porém, acabou sendo aberto com bitola larga. O ramal deveria alcançar Bom Jardim de Minas, na linha da RMV, mas nunca foi completado, e por isso deveria ter a bitola métrica, que era a da RMV. Em 01/09/1974, o ramal foi suprimido. Porém, aparentemente já desde 1972 os trens de passageiros não mais circulavam no ramal. 
copyrigth "Cláudio Fabiano Kloss"
AQUI, O RIO DO PEIXE, QUE CORTA A CIDADE
copyrigth "Marcio Lucinda"
ESTE É O BRASÃO DO MUNICÍPIO, QUE AINDA NÃO TEM BANDEIRA
SEMPRE VOLTE, OBRIGADO PELA VISITA. BOA NOITE
foto - ?
copyrigth "Thymonthy Becker" (marca e logomarca)


ATÉ UM DIA DESTES

CÓRREGO FUNDO





BOM DIA. BEM VINDO A CÓRREGO FUNDO / POLO NO CIRCUITO DA PRODUÇÃO DE CAL.
foto - ?
A CIDADE DE CÓRREGO FUNDO, QUE FICA NO CENTRO OESTE DAS MINAS GERAIS, TEM UMA POPULAÇÃO DE 5.821 HABITANTES (IBGE 2010)
QUEM NASCE EM CÓRREGO FUNDO É: CORREGOFUNDENSE.
O IDH DO MUNICÍPO É DE 0,730 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU
A CIDADE FICA NAS MARGENS DA MG050 E FOI FUNDADA EM OUTUBRO DE 1995, PORTANTO TEM APENAS 5 ANOS DE VIDA.
QUANDO VOCÊ FOR A CÓRREGO FUNDO, IRÁ SE DEPARAR COM PLACAS DIZENDO: CÓRREGO FUNDO DE BAIXO E CÓRREGO FUNDO DE CIMA.
ISTO PORQUE, OS DOIS DISTRITOS QUE ALI EXISITIAM (CÓRREGO FUNDO DE CIMA E CÓRREGO FUNDO DE BAIXO) SE UNIRAM PARA FORMAR A CIDADE.
A EMANCIPAÇÃO OCORREU APÓS UM PEBLICITO.
VEJA QUE BELEZA DESTE TREVO DE ACESSO A CÓRREGO FUNDO. MUITO BONITO MESMO.
foto - ?
AQUI, UM POSTO COMBUSTIVEL DA CIDADE
foto - ?
JÁ ESTIVE EM CÓRREGO FUNDO ALGUMAS VEZES. A ÚLTIMA FOI A SEMANA PASSADA, QUANDO FUI NA EMPRESA "CAL CRUZEIRO" FAZER UMA MEDIÇÃO DA QUALIDADE DO AR NA MESMA.
DEPOIS DO SERVIÇO, FUI ATÉ O CENTRO DA CIDADE, NA PRAÇA DA MATRIZ, ONDE TOMEI UM SORVETE DE COCO, POR SINAL, MUITO GOSTOSO.
CONHEÇA UM POUCO A CIDADE
copyrigth "Deputado federal Jaiminho Martins"
copyrigth "Deputado federal Jaiminho Martins"
AQUI, LAGOA DO TATÁ. FICA NO CENTRO DA CIDADE, MAIS ESPECIFICAMENTE, ENTRE CÓRREGO FUNDO DE CIMA E O DE BAIXO
foto - ?

REUNIÃO DE MORADORES
foto - ?
CÓRREGO FUNDO Já pertenceu às cidades de Ouro Preto, São João Del Rey, Tiradentes, Itapecerica e, por último, Formiga. Situado às margens da Rodovia MG-050, à altura do quilômetro 212. A economia do município baseia-se, principalmente, na queima e beneficiamento da cal, sendo um dos principais pólos no circuito da produção de cal, em Minas Gerais. Em segundo lugar vem a extração da pedra calcárea, seguida da agropecuária, do comércio e prestação de serviços. O município é destaque, também, nos setores têxtil e artesanal.
AQUI, UM BAIRRO DA CIDADE
foto - ?
ESTAÇÃO FERROVIÁRIA 
HISTORICO DA LINHA: A linha foi aberta a partir da estação de Gaspar Lopes, na linha Cruzeiro-Jureía, como E. F. Machadense em 1922 e absorvida pela Rede Mineira de Viação em 1938. Transformado em simples ramal, o trecho seguiu operando até 28/02/1963, quando foi extinto. 
A ESTAÇÃO: Não há informações sobre a estação, ou parada, de Córrego Fundo.
copyrigth "Ralph Mennucci Giesbrecht
IGREJA MATRIZ DE SÃO JOSÉ, EM CÓRREGO FUNDO DE CIMA
copyrigth "Aender"

IGREJA MATRIZ DE CÓRREGO FUNDO DE BAIXO
copyrigth "Aender"
UMA VISTA GERAL DA CIDADE
foto - ?
AQUI, UM BAIRRO POPULAR
foto - ?
UM MORADOR DA CIDADE, IMPROVISANDO UMA BATERIA.
foto - ?
A IDUSTRIA DE CAL É O FORTE DA CIDADE. AQUI, IMAGENS DA EMPRESA "CAL CRUZEIRO"
foto - ?

A ZONA RURAL DE CÓRREGO FUNDO, É REPLETA DE IPÊS AMARELOS
copyrigth "Aender"
CÓRREGO FUNDO AINDA NÃO TEM BANDEIRA E NEM BRASÃO QUE AS REPRESENTE
BOA NOITE. SEMPRE VOLTE. OBRIGADO PELA VISITA
copyrigth "Franklin Andrade"
copyrigth "By Thymonthy Becker" (marca e logomarca)



ATÉ UM DIA DESTES