Pular para o conteúdo principal

LAMBARI / MINAS GERAIS - Procurada por suas belezas naturais e, principalmente, por sua água mineral, eleita a 3ª melhor do mundo capaz de curar doenças




LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "LAMBARI" / MINAS GERAIS / BRASIL

BEM VINDO A CIDADE DE LAMBARI. CUJA ÁGUA MINERAL EXTRAÍDA AQUI, CURA DOENÇAS. SEGUNDO RELATOS DO LUGAR.
foto - Paulo Mauricio
TEVE SUA FONTE HIDROMINERAL DESCOBERTA EM 1780, POR UM CABOCLO DE CAMPANHA, ANTÔNIO DE ARAÚJO DANTAS, QUE ENCONTROU A NASCENTE EM TERRENOS DE SUA PROPRIEDADE OU DOMÍNIO DE SEUS FAMILIARES.
População estimada 2016 (1) - 20.773
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 213,110
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 91,76
Código do Município 3137809
Gentílico - lambariense
ORIGEM DO NOME
LAMBARI (DE ARAMBARI, CORRUPTELA DE ARABARY OU ARABARÉ, VOCÁBULO TUPI-GUARANI QUE SIGNIFICA PEIXINHO OU BARATINHA)
"AQUI UMA VISTA DO CENTRO"
foto - PML
Gentílico: lambariense 
HISTÓRICO 
LAMBARI MINAS GERAIS Monografia - n.° 524 Ano: 1972 
ASPECTOS HISTÓRICOS 
Lambari (de Arambari, corruptela de Arabary ou Arabaré, vocábulo tupi-guarani que significa peixinho ou baratinha), teve sua fonte hidromineral descoberta em 1780, por um caboclo de Campanha, Antônio de Araújo Dantas, que encontrou a nascente em terrenos de sua propriedade ou domínio de seus familiares. 
A partir de 1826, os poderes públicos do Município começaram a interessar-se pela existência da nascente, graças ao trabalho desenvolvido pelo português Inácio Midoens, que exerceu a profissão de médico prático e o cargo de vereador em Campanha. Entre 1830 e 1832, pela quantia de "sem mil reis" (sic), a Câmara Municipal de Campanha desapropriou uma área de doze alqueires do terreno dos herdeiros de Antônio de Araújo Dantas, no local da nascente, para executar obras de proteção da fonte e construir algumas casas para uso dos doentes. 
Até 16 de setembro de 1901, data em que foi criado o Município das Águas Virtuosas, todos os melhoramentos e assistência administrativa a povoação que se formava dependeram de Campanha, Município de que Lambari constituía distrito de paz (criado em 14 de setembro de 1891). A água, logo após a descoberta, recebeu o nome de Água Santa da Campanha, passando depois a ser conhecida por Água Virtuosa da Campanha e Água Virtuosa do Lambari. O núcleo populacional que logo se formou tomou o nome de Águas Virtuosas, topônimo com o qual figurou entre as sedes municipais do Estado até 27 de dezembro de 1930, quando passou a denominar-se Lambari. A mudança final fundou-se em razões de ordem histórica e geográfica, por ser a região conhecida por Lambari, desde antes do descobrimento da água, mercê da existência do rio do mesmo nome, que corta o Município a leste e serve de limite natural aos municípios vizinhos. As primeiras medidas de proteção à água se fizeram sentir a partir de 1860, quando para reunir as duas nascentes encontradas foi construído um poço de 50 centímetros de diâmetro, protegido por um pavilhão coberto de telhas, com gradil de ferro; na mesma época, organizou-se o parque das águas, desviando-se o leito do ribeirão Mombuca. 
Os primeiros estudos científicos sobre a composição da água, em 1872, couberam a uma comissão composta dos Drs. Agostinho José de Souza Lima, José Ribeiro da Costa e Ezequiel Correia dos Santos. Logo após os exames, em 1880, os Drs. Bandeira de Gouveia e Eustáquio Garção Stockler, organizaram a primeira empresa de exploração das águas, e obtiveram os respectivos privilégios. Em 1894 (24 de março), inaugurou-se a estação ferroviária de Águas Virtuosas, fato que concorreu para o progresso da povoação, por facilitar grandemente o acesso de veranistas. No mesmo ano, o privilégio de exploração das fontes foi concedido à Cia. Industrial do Brasil, que, em 1895, tornou-se parte do consórcio "Empresa Caxambu - Lambari - Cambuquira". Data desse ano a construção do estabelecimento aparelhado para banhos e duchas de água mineral; esse estabelecimento permaneceu até 1920, quando com o aumento do parque das águas, teve de ser demolido. Em 1905, iniciaram-se as obras de captação da água, constando primeiramente da separação das duas nascentes, reunidas em 1960 no mesmo poço, e, em seguida, da captação direta das águas nas rochas, a profundidades que variam de 5 a 10 metros; por último, da distribuição à superfície, por meio de grossas manilhas, das quatro fontes até agora aproveitadas. 
Fonte 
IBGE
A CASCATA DO LAGO
foto - Anízio Rezende
A CIDADE É BASTANTE PROCURADA PELAS SUAS DESTACADAS BELEZAS NATURAIS, CLIMA E PRINCIPALMENTE PELA ÁGUA MINERAL, ELEITA NO PASSADO COMO A 3ª MELHOR DO MUNDO E CAPAZ DE CURAR DOENÇAS. HÁ, ORIGINALMENTE, SETE FONTES DENTRE AS QUAIS A Nº 1 E Nº 2 COMPÕEM A MAIOR FONTE DE ÁGUA MINERAL NATURALMENTE GASOSA DO MUNDO.
"AQUI UMA VISTA DE CIMA DO CASSINO"
foto - Helicamera Free Imagens Aéreas
REGIÃO CENTRAL
foto - Jose Antônio e Helicamera
FAROL
foto - Rogerio Cesarino
FEIRA LIVRE
foto - Leonardo Pinelli
O LAGO E O CASSINO
foto - Edu Lacerda
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA SAÚDE
foto - Beatriz Barreto Tanea
PONTE SOBRE O LAGO
foto - Lindinha Rodrigues
AQUI O BOUGAINVILLE. EH A MAIOR ÁRVORE DO GÊNERO DO MUNDO
foto - saudelazer.com
A NOVA PONTE
foto - Microlarm
PALMEIRAS NA ORLA DA LAGOA
foto - Edu Lacerda
ENTRADA DO PARQUE DO CASSINO
foto - Beatriz Barreto Tânea
PARQUE DAS ÁGUAS
Pça. Cons. João Lisboa,
Centro
Além das piscinas de água mineral (jan/abr e set/dez: 9h/17h), abertas aos turistas e moradores, o parque (R$ 1; grátis às 6h/7h30, 11h/13h e 16h/18h) tem seis fontes com águas para fins terapêuticos.
Fonte 1 – Gasosa: Excelente para os rins, vesícula e para os tratamentos de pele. Aplicada também por via muscular nos casos de eczemas e úlceras.
Fonte 2 – Alcalina: usada para estômago e intestino. Aumenta o apetite, pois estimula a produção do suco gástrico.
Fonte 3 – Magnesiana: Usada no tratamento do fígado. Suas águas fluidificam a bílis alcalinizando-a, atuando nas congestões hepáticas e nas cirroses.
Fonte 4 – Ligeiramente Gasosa: Indicada para as crianças.
Fonte 5 – Ferruginosa: Ligeiramente gaseificada. Ação hipotensiva e vasodilatadora.
Fonte 6 – Picante: Cheiro pouco pronunciado de ácido sulfídrico. Quando em repouso apresenta depósito avermelhado (hidrato de ferro). De ação diurética é indicada nos casos de intoxicações endógena e exógena.



RUA DA CIDADE
foto - Geocities
TELEFÉRICO
foto - Lindinha Rodrigues
TRILHA
foto - Diogo Provete
VISÃO GERAL
folto - Microlarm
VISTA AÉREA
foto - Wanderson Rocha
FACHADA DO CASSINO
foto - PML
 ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE DE LAMBARI, MINAS GERAIS
 ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE LAMBARI, MINAS GERAIS

fonte / fotos = IBGE / Thymonthy Becker / Divulgação / Wikipédia / viajeaqui.abril.com.br / mineirosnaestrada.com.br / 




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PARACATU / RICA EM CULTURA E PATRIMÔNIO HISTÓRICO

BEM VINDO A CIDADE DE PARACATU. CIDADE NATAL DE AFONSO ARINOS
imagem - Revoredo

PARACATU TEM 84.718 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM PARACATU EH: PARACATUENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 20 DE OUTUBRO E FOI FUNDADA EM 1.728
ORIGEM DO NOME "Paracatu" é um termo de origem tupi que significa "rio bom", através da junção dos termos "Pará" ("rio") e "Katu" ("bom") Paracatu pertence ao seleto grupo das dez cidades nacionalmente tombadas em Minas Gerais, o que a coloca no patamar de um dos municípios mineiros mais ricos culturalmente e patrimonialmente, sendo integrante também da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais.
HISTÓRIA

Não existe consenso entre os historiadores sobre a data efetiva em que foi descoberta e povoada a região de Paracatu. De qualquer forma, admite-se que o território paracatuense já era conhecido desde o final do século XVI pelos brancos, que vinham da Vila de São Paulo com objetivos de conquista, não …

CAETANÓPOLIS

SEJA MUITO BEM VINDO AO BERÇO DA INDÚSTRIA TÊXTIL DAS MINAS GERAIS. SEJA BEM VINDO A CAETANÓPOLIS / TERRA NATAL DA CANTORA "CLARA NUNES" AQUI NA CHEGADA DA CIDADE / TREVO DE ACESSO foto - Thymonthy Becker Communication CAETANÓPOLIS (QUE DO LATIM SIGNIFICA: CAETANO [Nome de pessoa] PÓLIS: SIGNIFICA CIDADE. PORTANTO, CIDADE DE CAETANO) TEM 10.218 HABITANTES (IBGE 2010) QUEM NASCE EM CAETANÓPOLIS EH: CAETANÓPOLITANO (QUE DO LATIM SIGNIFICA: CAETANO [nome de pessoa] POLI SIGNIFICA CIDADE E TANO QUE SIGNIFICA MORADOR. PORTANTO: MORADOR DA CIDADE DE CAETANO. HISTÓRIA UMA FAZENDA ADQUIRIDA PELOS IRMÃOS MASCARENHAS EM 1864 TINHA A DENOMINAÇÃO DE ″FAZENDA DA PONTE″, POR SE ENCONTRAR NAS PROXIMIDADES DE UMA PONTE SOBRE O RIBEIRÃO LOCAL. SUPÕE-SE QUE O NOME, DE CEDRO ORIGINOU-SE DE ESPÉCIMES VEGETAIS DESSE NOME, ALI EXISTENTES. EM 1864, OS IRMÃOS BERNARDO CAETANO, FILHOS DO MAJOR ANTÔNIO GONÇALVES DA SILVA MASCARENHAS, PROCURAVAM SEU IRMÃO MAIS VELHO ANTÔNIO CÂNDIDO, RESIDENTE NAS PROXIMIDADE…

CARATINGA / CIDADE ESPERANÇA / TERRA DAS PALMEIRAS

SEJA SEMPRE BEM VINDO A CIDADE DE CARATINGA. A CIDADE DO MENINO MALUQUINHO
copyrigth "?" ORIGEM DO NOME
A denominação do município Caratinga, de origem indígena, (cará / tinga = branco) é devido à falta de alimentação diversificada, o que fazia com que os primeiros habitantes da região se alimentassem de um tubérculo muito encontrado na região na época do povoamento, um cará-branco que servia de alimento para os índios CARATINGA TEM ATUALMENTE, 85.322 HABITANTES. QUEM NASCE EM CARATINGA É: CARATINGUENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,754 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 24 DE JUNHO. FOI FUNDADA EM 1848 EM CARATINGA, FORAM REALIZADOS EM 2010, 513 CASAMENTOS 056 SEPARAÇÕES 079 DIVÓRCIOS. HISTÓRIA
Em 1841 aportou por estas terras o grande desbravador Domingos Fernandes Lana, que aqui permaneceu até 1847.
No final desse ano, João Caetano do Nascimento, João Antônio de Oliveira e João José, bravos pioneiros, vieram de mudança, trazendo suas famílias,…

ITU / SÃO PAULO - SEMPRE DE BRAÇOS ABERTOS PARA RECEBER QUEM QUER SE DIVERTIR, PASSEAR, APRECIAR UMA BOA COMIDA OU APENAS DESCANSAR. QUEM GOSTA DE TURISMO, PRECISA CONHECER ITU. E NÃO EH EXAGERO

LINHA DO TEMPO DE "ITU" / SÃO PAULO / BRASIL  Graças ao saudoso comediante Francisco Flaviano de Almeida, o Simplício, artista conhecido em todo o Brasil, Itu ficou conhecida como a terra dos exageros. Em um programa de televisão, nos idos dos anos de 1960, Simplício, durante suas piadas, criou o mito de que em Itu tudo era grande. A partir disso, os turistas voltaram seus olhos para a cidade que, por sua vez, começou a comercializar objetos em tamanho gigante e colocou em sua praça central um telefone público enorme e um semáforo de proporções ampliadas.  Essa bem humorada brincadeira ainda é o maior chamariz de visitantes para Itu, mas, ao chegarem, os turistas descobrem que as opções vão muito além da divertida lenda dos gigantismos.  Com uma infinidade de atrativos, o município está entre as 67 estâncias turísticas de São Paulo, sendo considerado um dos destinos obrigatórios para quem viaja pelo Estado. Com mais 400 anos, Itu reúne em seu território atrações de cunho histór…

DORES DO INDAIÁ / MINAS GERAIS - Fundador e sede do Circuito Turístico "Caminhos do Indaiá" margeada pelo Rio São Francisco

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "DORES DO INDAIÁ" / MINAS GERAIS / BRASIL Dores do Indaiá insere-se na política pública de turismo: é município fundador e sede do Circuito Turístico Caminhos do Indaiá. foto - ? Em 2003, tendo em vista da necessidade de adotar a política pública de turismo, o Governo de Minas Gerais, através da Secretaria de Estado de Turismo, instituiu o Decreto 43321, dispondo sobre o reconhecimento dos Circuitos Turísticos e sobre as normas de funcionamento. De acordo com o documento, “para os fins de promoção da política de turismo no âmbito do Estado, serão reconhecidos os Circuitos Turísticos institucionalizados e com personalidade jurídica registrada em cartório”, integrados por municípios “de uma mesma região, com afinidades culturais, sociais e econômicas que se unem para organizar e desenvolver a atividade turística regional de forma sustentável". foto - ? Assim, nasceu, em abril de 2008, o Circuito Turístico Caminhos do Indaiá, com a proposta de lev…

PEDRA AZUL / FORTALEZA DE PEDRAS

BOM DIA. SEJA MUITO BEM VINDO A PEDRA AZUL. A FORTALEZA DE MINAS. copyrigth "Paulo Marcio"
PEDRA AZUL EH UMA CIDADE QUE FICA NO VALE DO JEQUITINHONHA E TEM ATUALMENTE: 23.843 HABITANTES (IBGE 2010) QUE NASCE EM PEDRA AZUL É: PEDRA-AZULENSE (PEDRAZULENSE) O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,660 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A TEMPETATURA MÉDIA DA CIDADE É DE: 24°. FORAM REALIZADOS EM PEDRA AZUL, 77 CASAMENTOS EM 2010. NÃO ACONTECEU NENHUMA SEPARAÇÃO E NENHUM DIVORCIO. A CIDADE FAZ ANIVERÁRIO EM 1º DE JUNHO. A pecuária, atividade primeira na história econômica do lugar, continua sendo básica para a sua receita. Colonizada por vaqueiros nordestinos, que ali chegaram em busca de pastagens para seu gado, a região herdou deles a tradição do trato com grandes rebanhos, principalmente o gado de corte, mas não se esqueceu dos cuidados com o subsolo. Os primeiros moradores do atual município foram Manoel José Botelho, em 1822, e o padre Manoel Fernandes, em 1834, após o grande incêndio …

UNAÍ / MINAS GERAIS - Na Serra do taquaril, com belas cachoeiras, corredeiras, e muitas opções de eco-aventuras; rapel, Mountain bike, trilhas e montanhismo

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "UNAÍ" / MINAS GERAIS / BRASIL
CACHOEIRA DA JIBOIA 

Uma das mais belas cachoeiras do Brasil. Localizada a cerca de 80 km de Unaí, a cachoeira da Jiboia é formada pelo ribeirão Jiboia e possui mais ou menos 120 m de queda livre. É comum, nos fins de semana, ser frequentada por grupos de pessoas vindas de Brasília e de outras localidades próximas. Não existe infraestrutura no local. Dos 80 km de percurso, 60 km são de asfalto, e 20 km, de estrada de terra. É possível a prática do rapel em determinados pontos da cachoeira.
foto - Senac “Enquanto correm mansa e abruptamente As águas do Ribeirão Jiboia correm também Em direção ao meu coração. São quilômetros entre matas e lavouras, Correndo entre pedras de até cinco metros de diâmetro, Que parecem ter sido estouradas por dinamite divina Milhares de anos atrás. Essas águas de uma cor esverdeada, em alguns Lugares mais azuladas, é a alegria dos moradores Daquela região.
foto - Senac foto - Senac Linda cachoeira com água…

ANDRADAS - TERRA DO MELHOR VINHO DAS MINAS GERAIS

SEJA BEM VINDO A CIDADE DE ANDRADAS.
foto - Thymonthy Becker
ANDRADAS TEM 37.270 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM ANDRADAS EH: ANDRADENSES
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 22 DE FEVEREIRO E FOI FUNDADA EM 1.890
ORIGEM DO NOME

ITABIRA / MG - MURIAÉ / MG - SANTA LUZIA / MG - PEDRO AFONSO / TO - OURO PRETO / MG

IGREJA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO EM ITABIRA / MG
foto - Roberta Soriano
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA SAÚDE, INTERIOR E LATERAL EM ITABIRA / MG
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
CAPELA DE SÃO E NO CONTEXTO DA PRAÇA NA SERRA DOS ALVES EM ITABIRA / MG
foto - Barbosa
foto - Emerson Silva
CAPELA DO BOM JESUS NO MORRO REDONDO EM ITABIRA / MG
foto - Roneijober Andrade
MATRIZ DE SÃO PAULO EM MURIAÉ / MG
foto - Afrânio Bastos
CAPELA DE SÃO JOSÉ EM MURIAÉ / MG
foto - SG Trangel
IGREJA DA BARRA EM MURIAÉ / MG
foto - Tony Borrach
IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO EM MURIAÉ / MG
foto - Afrânio Bastos
IGREJA DE NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS EM MURIAÉ / MG
foto - SG Trangel
CAPELA DO BONFIM EM SANTA LUZIA / MG
foto - Antonor
CAPELA DE NOSSA SENHORA DAS DORES EM SANTA LUZIA / MG
foto - Gui Torres
IGREJA DE SANTA EFIGÊNIA EM OURO PRETO / MG
foto - Gui Torres
MATRIZ DE SANTA LUSIA, SEU INTERIOR E NO CONTEXTO DA RUA EM SANTA LUZIA / MG
foto - Antonor
foto - Gu…

POUSO ALEGRE

SEJA MUITO BEM VINDO A CIDADE DE POUSO ALEGRE. MELHOR PARQUE HOTELEIRO DAS MINAS GERAIS. CIDADE DAS MONTANHAS INFINITAS, QUE LIGAM POUSO ALEGRE ATÉ O RIO DE JANEIRO. foto - ? QUEM NASCE EM POUSO ALEGRE EH POUSO-ALEGRENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 19 DE OUTUBRO O MUNICÍPIO TEM 130.615 HABITANTES (IBGE 2010) A HISTÓRIA POUSO ALEGRE, ANTIGO ARRAIAL DE BOM JESUS DE MATOZINHOS DO MANDU, TEM INÍCIO NO DESPERTAR SOCIAL E ECONÔMICO DA RICA REGIÃO SUL-MINEIRA. DATA MAIS OU MENOS DE 1596 O DEVASSAMENTO, PELOS BANDEIRANTES PAULISTAS, DO ALTO SAPUCAÍ, POR ONDE PASSARIA EM 1601, CONFORME DIOGO DE VASCONCELOS, A EXPEDIÇÃO DE D. FRANCISCO DE SOUZA, DA QUAL FAZIA PARTE O ALEMÃO GLIMMER, O PRIMEIRO NATURALISTA A PENETRAR NAQUELAS PARAGENS. PELOS FINS DO SÉCULO XVI JÁ SE SABIA DA EXISTÊNCIA DE OURO NO ALTO RIO VERDE E NO ALTO SAPUCAÍ, COMO SE LÊ NA OBRA DE ORVILLE DERBY - OS PRIMEIROS DESCOBRIMENTOS DE OURO EM MINAS GERAIS. O PRIMEIRO MARCO DE POVOAÇÃO EM TERRAS DE POUSO ALEGRE TERIA SIDO LANÇADO NO SÉCULO XVI…