terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

TRÊS PONTAS - NO MAR DE MORROS DE MINAS




















BEM VINDO A CIDADE DE TRÊS PONTAS - AOS PÉS DA SERRA DE MESMO NOME.
foto - Gustavo H. F. de Brito
TRÊS PONTAS TEM 53.860 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM TRÊS PONTAS EH: TRESPONTANO
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 03 DE JULHO E FOI FUNDADA EM 1.768
ORIGEM DO NOME

O atual topônimo Três Pontas deve-se a serra do mesmo nome, situada a poucos quilômetros da Cidade.
HISTÓRIA

NÃO, se tem notícia da existência de aldeamentos indígenas nas terras que correspondem ao atual Município de Três Pontas, embora existam indicações sobre a presença de silvícolas, primitivamente, no território em que se localizam os municípios de Guapé e Boa Esperança. Sabe-se, porém, que Bartolomeu Bueno do Prado, neto do Anhanguera, combateu quilombos na região, por ordem do governo da Capitania.
Destruídos os quilombos, Bento Ferreira de Brito, José Ferreira de Brito, João Faria Neves, José Joaquim dos Santos, Manoel de Sousa Diniz, Leonardo Lourenço e outros, requereram sesmarias naquela área, iniciando-se, assim, o povoamento do território, por volta de 1771.
O primitivo nome do arraial era São Gonçalo, conforme se depreende do testamento do doador do patrimônio, Capitão Bento Ferreira de Brito. Ao que parece, este nome seria homenagem de Ferreira de Brito a São Gonçalo do Amarante, natural da freguesia vinculada ao arcebispado de Braga (Portugal), ao qual pertencia, também, a freguesia onde aquele nascera.
As primeiras casas construídas no povoado eram de pau-a-pique e adobes, como ainda hoje o atestam algumas antigas residências. A 3 de outubro de 1794, nos últimos anos de sua vida, Ferreira de Brito doou um terreno para construção de uma capela, erguida, mais tarde, sob a invocação de Nossa Senhora da Ajuda.
Duas raízes importantes destacam-se na história do município: o Barão da Boa Esperança, político de influência, de visão desenvolvimentista e grande benfeitor e Padre Vitor (Francisco de Paula Vitor) que foi pároco da cidade e era exemplo vivo de cristão. Fundou o Colégio Sagrada Família - a Escola Normal. Prestava assistência à população e a todos que a ele recorriam. Três Pontas é hoje importante centro de peregrinação dos devotos do "Santo" Padre Vitor.
AQUI A ESTAÇÃO RODOVIÁRIA
foto -  Wikipédia
SEDE DO PODER LEGISLATIVO - CÂMARA DE VEREADORES -
foto - Gustavo H. F. de Brito
CASA DE CULTURA
foto - PMTP
CENTRO CULTURAL
foto - PMTP
ESCOLA ESTADUAL
foto -  Wikipédia
FAZENDA DE CAFÉ
foto - Luiz Romário A. Vieira
HOSPITAL
foto -  Wikipédia
MEMORIAL AO PADRE VICTOR
foto - Gustavo H. F. de Brito
MUSEU DO CAFÉ
foto - PMTP
SEDE DO PODER EXECUTIVO - PREFEITURA -
foto -  Wikipédia
SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO
foto - Will Sazon
CONHEÇA UM POUCO MAIS DA CIDADE DE TRÊS PONTAS
foto -  Wikipédia
foto -  Wikipédia
foto - Ciclo TP
foto -  Wikipédia
foto - Montanha
foto -  Wikipédia
foto - Gustavo H. F. de Brito
foto -  Wikipédia
foto - Montanha
MATRIZ DE NOSSA SENHORA D'AJUDA, SUA LATERAL E CONTEXTO DA PRAÇA
foto -  Wikipédia
foto - Gustavo H. F. de Brito
foto - Márcio Passareli Fotografia
PLANTAÇÃO DE CAFÉ. UMA DAS RIQUEZAS DA CIDADE
foto - Márcio Passareli Fotografia
LAGOA NO ENTORNO
foto - Gustavo H. F. de Brito
MAR DE MORROS NO ENTORNO DA CIDADE
foto -  Wikipédia
foto - Gustavo H. F. de Brito
SERRA DE TRÊS PONTAS E TRILA NO ALTO DA MESMA
foto - Ciclo TP
foto - Ciclo TP
ESTA EH A ABANDEIRA DA CIDADE
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO