quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

ESMERALDAS / TERRA DE SANTA QUITÉRIA /















BEM VINDO A CIDADE DE ESMERALDAS. 
imagem - ?
ESMERALDAS TEM 60.271 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM ESMERALDAS EH: ESMERALDENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 16 DE SETEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.901
ORIGEM DO NOME
Conta-se que a cidade recebeu o nome, porque alguns componentes da bandeira de Fernão Dias Paes Leme encontraram na região pedras verdes (turmalinas) que pensaram ser Esmeraldas. O nome é uma alusão a Fernão Dias Paes Leme pelo fato da cidade integrar a rota dos bandeirantes. 
HISTÓRIA
Diz a tradição oral que em fins do século XVII, quando três rapazes, procedentes de São Paulo, os irmãos Coelho, transitavam por certo trecho da estrada que ligava Pitangui a Sabará, foram irresistivelmente atraídos pela beleza panorâmica daquela região e pela amenidade de seu clima, resolvendo, por isso mesmo, ali permanecer, para se dedicarem à agricultura.
Dentre os primeiros habitantes da povoação, destaca-se a figura do alferes Miguel da Silva Fernandes, a quem se atribuem os mais relevantes serviços prestados ao nascente povoado.
As primeiras edificações surgiram na fazenda Dona Izabel, onde se erguem uma igreja sob a invocação de Santa Quitéria, cuja imagem e altar foram trazidos de Portugal pelos irmãos Coelho, e ainda hoje podem ser vistos na Matriz de Esmeraldas.
Segundo o historiador e professor Avelar Rodrigues, nada disso aconteceu. Não há, em Minas Gerais ou no país, quaisquer vestígios que possam confirmar essa hipótese. Os fatos registram que, na verdade, a doação de uma gleba de terras a Santa Quitéria foi feita por Antônio Barbosa Leão. Os supostos Três irmãos Coelho nada têm com a construção da igreja, que também se deve ao dito Antônio Barbosa Leão. Ele, sim, teria trabalhado para a edificação, anteriormente iniciada por João Ribeiro de Vasconcelos - e não nos idos de 1675 ou 1676, como se quis fazer entender, mas quase 60 anos depois, em 1733. Os três Irmãos Coelho são, pois, personagens de ficção.
AQUI UMA VISÃO PARCIAL
imagem - ?
CASARÃO SANTO ANTÔNIO
Tombado como patrimônio cultural pelo IEPHA - Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais – o casarão Santo Antônio é um solar antigo, de tipologia colonial, que se destaca na paisagem pelo seu porte imponente. Localizado na estrada que liga Esmeraldas ao povoado de Urucuia - cerca de 4 km do centro da cidade - foi residência do Barão Visconde de Caeté, primeiro Presidente da Província de Minas Gerais.
imagem -  Mauro Rizzo Lyrio

ESCOLA ESTADUAL VISCONDE DE CAETÉ
Tombado pelo Município, é o estabelecimento de ensino mais antigo de Esmeraldas, com cem anos de existência. De grande valor histórico, está situada na Praça Getúlio Vargas, Centro da cidade.
imagem -  Mariana Pereira Lyrio
PARCIAL
imagem - Mariana Pereira Lyrio
RUA
imagem - Marno Matte
PRAÇA SADI ALVES VIEIRA
imagem - Cleber Quintier
PARQUE DE EXPOSIÇÕES
imagem - Cleber Quintier
PRAÇA DA MATRIZ
imagem - Marno Matte

MIRANTE
Local turístico que proporciona uma bela visão panorâmica da cidade, onde também está situada a capela de Nossa Senhora Aparecida e o Cristo Redentor.
imagem - Mariana Pereira Lyrio
imagem - Mauro Rizzo Lyrio
IGREJA DE SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA NO BAIRRO CARACÓIS
imagem - Thymonthy Becker Comunicação
PRAÇA DA IGREJA STº ANTÔNIO DE PÁDUA EM CARACÓIS
imagem - Thymonthy Becker Comunicação
TAMBÉM A PRAÇA DA IGREJA NO BAIRRO CARACÓIS
imagem - Thymonthy Becker Comunicação

MATRIZ DE SANTA QUITÉRIA
Padroeira e antigo nome do município, a Igreja Matriz de Santa Quitéria destaca-se como exemplar de arquitetura em estilo modernista. Localizada na Praça central, sua imponência paisagística é visível a todos os visitantes.
imagem - ?
imagem - Altemiro Olinto Cristo
INTERIOR DA MATRIZ DE SANTA QUITÉRIA
imagem - Mariana Pereira Lyrio
CAPELA EM MORRO VERMELHO
imagem - Leonardo Spyer

IGREJA DE SANT’ANA
De estilo colonial, datado do século XIX, a capela é uma das raridades em reminiscência, onde há uma cruz fixada por Borba Gato, durante as expedições dos bandeirantes ao desbravamento das Minas Gerais.
imagem - Paulo Pimentel
IGREJA DA VOLTA
imagem - Mauro Rizzo Lyrio
IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO APARECIDA
imagem - Marno Matte
imagem - Mauro Rizzo Lyrio
IGREJA DE SÃO JOSÉ OPERÁRIO
imagem - Leonardo Spyer
IGREJA EM CACHOEIRINHA
imagem - Leonardo Spyer

IGREJA EM TIJUCO
imagem - Mauro Rizzo Lyrio
GERAL
imagem - ?
CACHOEIRAS 
imagem - ?
ZONA RURAL
imagem - ?
PRAÇA DO ROSÁRIO
imagem - Cleber Quintiere

SERRA NEGRA
Patrimônio histórico e paisagístico é de grande realce na história mineira, por ter sido a Usina da Serra Negra a primeira a fornecer energia à cidade. Pertenceu à Sra. Ana Felipa de Santiago, e localiza-se próximo à MG 60, que liga Esmeraldas à Betim.
Antigo caminho que ligava Vila de Santa Quitéria hoje Esmeraldas a Capela Nova de Betim hoje Betim, ainda preservado com mata nativa em alguns pontos, onde está situada a Serra Negra, o ponto mais alto do município e a Fazenda Serra Negra onde viveu Ana Felipa.
imagem -  Mariana Pereira Lyrio
imagem - Mariana Pereira Lyrio